Início Todos os Artigos Atualidade Via sacra percorre ruas de Pinhel na noite de Sexta-feira Santa

Via sacra percorre ruas de Pinhel na noite de Sexta-feira Santa

24

As ruas da cidade de Pinhel recebem, na noite de Sexta-Feira Santa, a encenação da “Via-Sacra: 7 Quadros, 7 Vidas”, após uma paragem de dois anos devido à pandemia, foi hoje anunciado pela Câmara Municipal.

Segundo a autarquia de Pinhel, no distrito da Guarda, no dia 15, pelas 21h30, “a cidade de Pinhel vai voltar a ser palco de uma grande manifestação artística de fé, através da encenação da Via-Sacra”.

Trata-se de uma iniciativa promovida em parceria pela Paróquia e pelo Município de Pinhel, com a colaboração e participação de “um vasto número de voluntários” a título individual e institucional.

“’7 Quadros, 7 Vidas’ é o tema que este ano vai levar os participantes num percurso de reflexão que terá início junto à igreja de Santo António, terminando na zona envolvente ao castelo de Pinhel”, adianta a organização em comunicado enviado à agência Lusa.

A fonte lembra que nos últimos dois anos, devido à pandemia por covid-19, “não foi possível realizar” uma atividade “que já é um marco na vida dos pinhelenses e das centenas de pessoas que visitam Pinhel nesta ocasião”.

“Este ano, a organização conjunta da Paróquia e do Município, com algumas adaptações decorrentes das condições sanitárias, volta a realizar este evento e, com ele, pretende olhar para a vida de sete personagens da Via-Sacra e realizar com elas alguns quadros de meditação”, explica.

A organização pretende, ainda, “proporcionar um momento de reflexão sobre o que se tem vivido no mundo”, nos dois últimos anos, “com as consequências de uma pandemia e, agora, de uma guerra”.

“Sendo um momento privilegiado de oração e meditação, com base nalguns dos mistérios principais da Fé Cristã, a encenação da Paixão do Senhor envolve muitas pessoas da comunidade e este ano pretende envolver sete artistas que irão acompanhar cada um dos sete quadros que percorrerão algumas ruas da cidade, desde a igreja de Santo António até às torres do castelo”, remata.

O presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, disse à Lusa que a encenação da “Via-Sacra: 7 Quadros, 7 Vidas” é realizada num formato “diferente daquele que tem sido habitual”, mas significa o regresso de uma atividade que, por tradição, “atraía milhares de pessoas”.

Por tradição, a encenação da Via-Sacra de Pinhel costuma envolver cerca de 70 figurantes e, este ano, pelas contas do autarca, abrangerá cerca de meia centena.

 

Lusa