Início Todos os Artigos Atualidade União dos Sindicatos da Guarda manifestou-se contra o despedimento de 26 trabalhadores...

União dos Sindicatos da Guarda manifestou-se contra o despedimento de 26 trabalhadores da uls

43

Aproveitando a presença da secretária geral da CGTP, que veio inaugurar a exposição dos 50 anos da CGTP-IN no Jardim José de Lemos na Guarda, a União de Sindicatos promoveu uma manifestação para mostrar o descontentamento em relação ao despedimento de 26 trabalhadores da ULS da Guarda. Isabel Camarinha, afirmou que “estes profissionais foram necessários e imprescindíveis, receberam tantas palmas e elogios, mas depois não são valorizados, nem os que já faziam parte dos quadros, nem os que foram contratados por causa da pandemia, que agora estão a ser descartados.”

No caso da ULS há 26 profissionais que não vão continuar em funções. Estes funcionários tinham contrato até ao final de Junho mas já foram informados que não vão continuar. A nível nacional, a CGTP fala “em centenas de enfermeiros despedidos”.