-3.4 C
Pinhel
25 Janeiro, 2022
Início Blog

Já é conhecido o cartaz da 27ª Feira das Tradições do Concelho de Pinhel

A pouco mais de um mês, já é conhecido o cartaz da Feira das Tradições e Atividades Económicas do concelho de Pinhel.

Tony Carreira, Mickael Carreira e David Carreira sobem ao palco no primeiro dia do certame, sexta-feira, 25 de fevereiro. Sábado, 26 de fevereiro, o destaque vai para os Calema e no domingo, 27 de fevereiro para os The Lucky Duckies.

Claro que a animação passa também pelos grupos de música tradicional do concelho de Pinhel, que já têm lugar cativo no certame.

O cartaz é conhecido com o lançamento da agenda cultural para o trimestre, onde Rui Ventura, autarca local  escreveu no editorial “esperar poder concretizar este certame, porque sabemos que tal como nós, também o público está desejoso de regressar a este que é sem dúvida o evento mais marcante de Pinhel”.

Figueira de Castelo Rodrigo – Homem fica com pulseira eletrónica por violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), ontem, dia 18 de janeiro, deteve um homem de 68 anos por violência doméstica, no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica sobre a vítima, sua esposa de 62 anos. Perante a possibilidade de agravamento dos episódios de violência, foi dado cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e uma em anexo, sendo apreendido o seguinte material:

  • Três armas de caça;
  • Um revólver de calibre 6,35 mm;
  • Uma arma de ar comprimido;
  • Uma pistola de salva;
  • Uma arma de airsoft;
  • Cinco munições de calibre 6,35 mm;
  • 450 cartuchos de calibre 12.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Figueira de Castelo Rodrigo , ficando sujeito à medida de coação de proibição de aproximação e de contatos com a vítima por qualquer meio, num raio de 250 metros, controlado através de pulseira eletrónica.

A GNR deteve, no concelho de Almeida, dois homens por furto de quatro mil testes de Covid-19

A GNR deteve, no concelho de Almeida, dois homens de 35 e 54 anos, por furto de quatro mil testes de Covid-19.

Segundo comunicado enviado à rádio “na sequência de um alerta transmitido pelo Comando Territorial de Aveiro a dar conta de um furto de testes de Covid-19, numa empresa em Esmoriz, os militares da Guarda apuraram que os suspeitos estavam a deslocar-se para a região de Múrcia, em Espanha. Na sequência da ação, foi desenvolvida uma operação policial e acionados meios de reforço necessários para os intercetar, que viria a acontecer perto da fronteira de Vilar Formoso, culminando com as duas detenções e com a apreensão de uma viatura, quatro mil testes de Covid-19 e 675 euros em numerário.

Segundo a nota “esta ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda, do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vilar Formoso, do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Vilar Formoso, do Posto Territorial de Vilar Formoso e do Comando Territorial de Aveiro”.

“Os detidos serão presentes ao Tribunal Judicial de Ovar, para aplicação de medidas de coação”, acrescenta o documento.

Almeida – Detido por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vilar Formoso, ontem, dia 11 de janeiro, deteve um homem de 42 anos por tráfico de estupefacientes, no concelho de Almeida.

No âmbito de uma ação de fiscalização rodoviária, os militares da Guarda observaram que o homem se encontrava nervoso com a sua presença, tendo adotado um comportamento suspeito. No seguimento das diligências policiais foi possível verificar que no interior do seu veículo se encontrava diverso produto estupefaciente. Foi então efetuada uma busca ao veículo, tendo sido apreendidas 69 doses de heroína e 2,5 doses de cocaína.

O detido encontra-se referenciado por vários crimes de tráfico de estupefacientes nas localidades da Guarda, Vilar Formoso, Covilhã e Fundão.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Almeida.

Prisão preventiva para homem que agredia o pai em Figueira de Castelo Rodrigo

Um homem de 29 anos foi detido, pela GNR, no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, por violência doméstica, por agredir física e psicologicamente o pai de 62 anos.

Segundo a GNR o homem, já tem antecedentes criminais por furto e, depois de presente ao Tribunal de Figueira de Castelo Rodrigo ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva.

Covid-19: Diretora-geral da Saúde apela aos pais para autoagendarem vacinação dos filhos

A diretora-geral da Saúde apelou hoje aos pais para autoagendarem a vacinação dos seus filhos entre 06 e 09 de janeiro, período em que os centros de vacinação covid-19 estarão dedicados às crianças, para evitar esperas e ansiedade desnecessárias.

Nesse período, que começa no Dia de Reis, todos os centros de vacinação vão estar “inteiramente dedicados à vacinação das crianças entre os 5 e os 11 anos”, para ser “um processo controlado de afluência normal” a estes espaços, afirmou Graça Freitas, em declarações à agência Lusa.

Na véspera do Ano Novo, a diretora-geral da Saúde quis deixar uma mensagem aos pais ou familiares das crianças para que as vacinem, realçando que “vacinar é proteger”.

“Eu quero muito recordar aos pais que tem sido um privilégio durante dezenas de anos a confiança que têm tido na vacinação em Portugal e nas recomendações que nós temos feito sobre a vacinação”, disse.

Graça Freitas observou que em Portugal quase todas as crianças, adultos e jovens se vacinam, “independentemente das suas características, da sua condição social, da sua nacionalidade”, uma estratégia que tem dado “bons resultados” porque a maior parte das doenças para as quais foram vacinadas foram eliminadas no país.

“Não temos mesmo casos, a não ser por importação, e quando não eliminamos, controlamos ao mínimo, mínimo possível de casos”, afirmou, vincando que isto “é um bom exemplo” dos benefícios da vacinação.

Segundo a diretora-geral da Saúde, a vacinação “tem muitas vantagens para o próprio”, porque evita a doença, e a infeção natural pelo vírus é sempre um fenómeno que não se controla.

“Nunca sabemos quem é que vai ter uma complicação, quem é que pode ir para o hospital, é sempre uma incógnita. Se temos uma vacina que simula a infeção natural, mas que controla os riscos e as reações, então, usemos essa vacina”, vincou.

Graça Freitas reafirmou que a vacina contra a covid-19 é eficaz, é segura e tem qualidade”, tendo já dado “provas disso”, reforçando por isso o apelo aos pais para aderirem ao processo de vacinação e fazerem o autoagendamento, “para haver algum controlo na afluência aos centros de vacinação, sem esperas desnecessárias, sem ansiedade desnecessária”.

Segundo Graça Freitas, já há pais a fazer o autoagendamento, mas o apelo é para que “o façam ainda mais” porque há capacidade e vacinas suficientes para vacinar todas as crianças dos 5 aos 11 anos.

“São processos muito amigáveis, os enfermeiros e todo o pessoal que lá estão [nos centros de vacinação] são extraordinários, conseguem tratar as crianças com uma delicadeza e uma humanização muito grande”, comentou.

Por outro lado, disse, “a injeção não dói, as reações adversas são muito raras e ligeiras e autolimitadas”.

“É um processo seguro e um processo eficaz e é um processo que confere proteção contra uma doença que apesar de tudo para algumas pessoas pode ser grave, o que nós não queremos de todos. Nós queremos é que as pessoas se protejam”, rematou Graça Freitas.

Este será o segundo período destinado exclusivamente à vacinação de menores, depois de mais de 95 mil crianças entre os 9 e os 11 anos terem recebido a primeira dose da vacina pediátrica da Pfizer no fim de semana de 18 e 19 deste mês.

Segundo o planeamento da “task force”, a vacinação da segunda dose para as crianças abaixo dos 12 anos deverá acontecer entre os dias 5 de fevereiro e 13 de março.

Fonte: Lusa

Mais mortos e acidentes. É o balanço da Operação Natal e Ano Novo da GNR

Na Operação Natal e Ano Novo da GNR há o registo de 4.365 acidentes (mais 475), 21 vítimas mortais (mais duas), 80 feridos graves e 1.182 feridos leves (mais 174).

No decorrer da operação foram detidas 1.213 pessoas, mais de metade por condução sob o efeito de álcool (669), seguindo-se a condução sem habilitação legal (332), 77 por tráfico de estupefacientes, 42 por posse ilegal de armas e arma proibida e 31 por furto e roubo.

Foram também fiscalizados 118.547 condutores e controlados 86.703 veículos, tendo sido detetadas mais de 30 mil contraordenações rodoviárias. Destas, a GNR destaca 1.292 por condução sob a influência do álcool, 8.677 por excesso de velocidade, 1.992 por falta de inspeção periódica e 991 pela incorreta ou não utilização do cinto de segurança ou de sistemas de retenção.

Houve ainda 799 contraordenações por utilização indevida do telemóvel durante a condução e 739 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

A operação decorreu entre 13 de dezembro a 2 de janeiro.

Rui Ventura diz que é preciso olhar para 2022 com pensamento positivo

Apesar de não ter sido um ano fantástico, 2021 foi segundo Rui Ventura “melhor que 2020”. O autarca diz por isso que o balanço é “mais positivo”, mas realça que “poderia ser melhor”. Para o ano que agora começa, o autarca diz que “é preciso pensar positivo” e deseja que consigam concretizar os planos que tem para o concelho.

Os projetos são vários, alguns já adjudicados como o miradouro e a falcoaria. “Projetos âncora para o turismo”, segundo o autarca. Rui Ventura fala também na ampliação da zona industrial, na construção do parque TIR e a construção da Avenida do Vinho. Estes são alguns dos exemplos que o edil dá para falar no orçamento da câmara pinhelense, que ronda os 25 milhões de euros, e que diz ser “um conjunto de oportunidades”.

O ano começa com alguns dos serviços da autarquia de portas fechadas. Piscina, ginásio, academia de música são alguns dos espaços que não vão funcionar pelo menos até ao dia 15 de janeiro, segundo o presidente de câmara.

Aos munícipes, Rui Ventura pede que não percam “o ânimo, a determinação, a coragem e a garra que têm tido ao longo dos anos para ajudar o concelho de Pinhel” e deseja um bom ano de 2022.

Rui Ventura foi eleito, por unanimidade, representante para o Comité de Acompanhamento do Programa Operacional Regional do Centro.

O Presidente da Câmara Municipal de Pinhel foi eleito, por unanimidade, representante para o Comité de Acompanhamento do Programa Operacional Regional do Centro.

À rádio, admitiu ser um desafio com muita responsabilidade no que diz respeito ao acompanhamento da execução dos fundos comunitários na região centro, mas que espera estar à altura do desafio.

A eleição decorreu no âmbito do Conselho Regional da CCDR Centro, em Coimbra. O autarca de Pinhel estará nos próximos 4 anos a representar o Comité de Acompanhamento do Programa Operacional Regional do Centro.

Pinhel – Piscinas encerradas e S. Silvestre cancelada

Tendo em conta a evolução da situação epidemiológica no concelho e na região, o Município de Pinhel vai encerrar ao púlico alguns equipamentos públicos, bem como vai cancelar algumas iniciativas previstas para o mês de dezembro, conforme abaixo descriminado:

• Suspensão das atividades da Academia de Música de Pinhel a partir da próxima segunda-feira, dia 13 de dezembro de 2021.
• Encerramento ao público da Piscina Municipal e do Ginásio localizado no Pavilhão Multiusos a partir da próxima segunda-feira, dia 13 de dezembro de 2021.
• Cancelamento das Férias Desportivas de Natal.
• Cancelamento da Corrida de São Silvestre (31 de dezembro).

No que diz respeito às iniciativas culturais e recreativas previstas para o mês de dezembro, mantêm-se as atividades integradas no “Pinhel de Natal”, apelando-se à melhor colaboração de todos no sentido de serem cumpridas as regras preconizadas pelas autoridades de saúde, nomeadamente, o distanciamento, a higienização das mãos e o uso de máscara.

Publicações Recentes