Início Todos os Artigos Atualidade Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica em Trancoso

Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica em Trancoso

63
Foto: Google

Um homem de 57 anos ficou sujeito a pulseira eletrónica depois de ser detido por suspeita de exercer violência física, verbal e psicológica sobre a esposa, no concelho de Trancoso, anunciou hoje a GNR.

Segundo o Comando Territorial da GNR da Guarda, o homem foi detido no domingo, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), com o apoio do Posto Territorial de Trancoso.

“No âmbito de um processo de violência doméstica, foi possível constatar-se que o suspeito exercia violência física, verbal e psicológica contra a vítima, a sua esposa, de 48 anos, chegando mesmo a efetuar ameaças de morte”, adiantou a GNR, em comunicado.

De acordo com a nota, “devido à possibilidade de agravamento dos episódios de violência, foi dado cumprimento a um mandado de detenção, culminando na detenção do agressor”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório, no Tribunal Judicial de Trancoso, que lhe aplicou “a medida de coação de proibição de contactos com a vítima, controlado por pulseira eletrónica”.

O homem ficou ainda sujeito a “afastamento da residência que partilhava” com a vítima e a “apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência”.