Início Todos os Artigos Atualidade Guarda – Apreensão de mais de três mil munições e armas

Guarda – Apreensão de mais de três mil munições e armas

108

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial da Guarda, ontem, dia 23 de setembro, apreendeu mais de três mil munições e várias armas, no concelho da Guarda.

No âmbito de uma ação de execução, foi solicitado apoio por parte de um agente de execução, denunciando a existência de uma considerável quantidade de armas e munições no interior de um imóvel. Os militares da Guarda deslocaram-se para o local onde constataram a existência de diversas armas de fogo, uma arma proibida e mais de três mil munições de diferentes calibres, tendo sido apreendidas de forma cautelar. A GNR desenvolve diligências no sentido de identificar o legítimo proprietário.

No seguimento das diligências policiais procedeu-se à apreensão de diverso material, destacando-se:

  • Uma bengala que continha uma arma dissimulada;
  • Oito caçadeiras;
  • Quatro armas de ornamentação;
  • Três carabinas;
  • Uma pistola de sinalização;
  • 20 zagalotes;
  • 3 044 munições de diversos calibres.

As armas apreendidas foram entregues à Polícia de Segurança Pública (PSP) da Guarda, para peritagem e classificação das mesmas.

A GNR relembra que, de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, quem, sem se encontrar autorizado, detiver, transportar, guardar, comprar ou adquirir qualquer arma elencada no n.º 1 do Artigo 86.º do mesmo diploma, encontra-se a incorrer no crime de posse de arma proibida. Importa ainda esclarecer que, quem detiver arma não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma.