Início Todos os Artigos Atualidade Drift Pinhel – Armindo Martins foi o vencedor da prova a contar...

Drift Pinhel – Armindo Martins foi o vencedor da prova a contar para o campeonato e da Taça Intercontinental

47

Armindo Martins foi o grande vencedor do Drift de Pinhel. O piloto de Braga, a competir na categoria Pro, que está na luta pela liderança do campeonato, venceu a prova de Pinhel e conquistou também a Taça Intercontinental. Segundo o piloto, a vitória em Pinhel “pode ter aberto caminho para a vitória no Campeonato”.

Joel Silva, a competir na categoria de Semi Pro, também se sagrou vencedor da prova e da Taça, na respetiva categoria. Aos jornalistas “disse que foi um fim de semana de alguns contratempos”, mas que acabou por conseguir alcançar dois pódios. O piloto ambiciona chegar à categoria Pro mas para tal precisa de “um carro mais evoluído”.

Rui Ventura destacou a elevada participação de pilotos (45) e de público, e sublinhou as melhorias que foram feitas, quer ao nível da segurança quer ao nível de traçado. “As mudanças promovidas concentraram-se em melhorar a segurança dos pilotos e do público, com todo o traçado delimitado por jerseys de cimento.” No fim das contas “o balanço é positivo”, diz o Presidente de Câmara de Pinhel.

De Luís Celineo, Presidente do Clube Escape Livre ouvimos palavras de satisfação. “Esta simbiose de trabalho, de empenho e de conjugação de esforços para que Pinhel continue a ser a capital do Drift, foram bem conseguidos”. Luís Celíneo destacou também a elevada participação de pilotos, mas também do público. “Tivemos um publico excecional. Atrevo-me a dizer que tivemos este fim de semana cerca de 15 mil pessoas a assistir a este espetáculo”.

Por este ano, o Drift em Pinhel já chegou ao fim. E, já se trabalha para a próxima edição.